Vídeo Partes são frequentes no skate de hoje, ultimamente estão saindo uma por dia, contudo aqui no MS é algo raro, são poucos da nova geração que se preocupam ao ter o seu, registrado em formato audiovisual. Felizmente sempre a uma luz no fim do túnel, e essa luz veio de Naviraí. Cleverson Diego se juntou a João Víctor “Bacuri” e decidiram mostrar que o skate vive, e como vive no MS. Juntos produziram uma vídeo parte do Dieguinho que também conta com imagens dos manos da cidade. O resultado foi uma produção de extrema qualidade, com direito a uma premiere durante a semana do Go Skate Day. Quem viu sabe do que eu estou falando, então chega de enrolar e vamos apreciar:

Aproveitamos para fazer umas perguntas para o Dieguinho e o João:

Como surgiu a ideia de fazer a vídeo parte e qual conteúdo vocês queriam transmitir?

“O Diego já estava querendo filmar uma parte, mas a gente não tinha os equipamentos, felizmente conseguimos. A ideia foi mostrar os picos skataveis de Naviraí-MS.”

Qual sentimento ficou para vocês em estarem representando o skate de Naviraí durante a premiere que aconteceu do vídeo na semana do Go Skate Day em Campão?

“Foi muito naipe, verdadeiro aprendizado para gente. Um momento que vamos guarda na memória.”

(Cleverson Diego em um Shuv-it Bs Nosegrind Reverse – Por Heraldo Franco)

Diga-nos sobre a de filmagem, quais momentos marcaram durante processo?

“Mano o processo de filmagem foi um dos mais difíceis, pegamos a rec sem ter noção de filmar, pegamos para aprender a mexer nela em uma semana e logo já começamos a filmar. Uma das partes mais engraçadas era os tombos, foi ai que surgiu a ideia de fazer um teaser só de tombos (risos), outra coisa cabreira também foram as imagens de tele, usamos uma lente emprestada de um amigo que pegava escondido do seu pai (risos) e o pai do menino descobriu, mas a sorte foi que já havíamos captado todas as imagens.”

E como esta a cena aí em Naviraí, soube que é bem precário, comente sobre?

“Mano a cidade é foda, o novo prefeito não ajuda muito ainda, eles valorizam mais os outros esportes do que o skate. Mas a gente da o máximo para não deixar de andar e desanimar, e agora com a rec deu um gás, estamos mais animado, e querendo sair para filmar todos os dias. E de pouco a pouco vai melhorando, agora com a pista que está sem terminar, uma galera a voltou andar, o processo é lento mas o skate vem crescendo mais aqui na City!”

(Bacuri aplicando um Ss Heelflip Bs Tailslide – Por Heraldo Franco)

Foi um privilégio poder apresentar o material desses manos, tamo junto rapaziada!

Por Jv Moura e Pedro Terra

Commentários

commentários