Abrimos novamente nosso espaço para que a nova geração venha e solte a letra. É a vez de Gabriel Rocha deixar sua voz e manobras, e nisso ele vem completo. Joia rara do MS, confiram agora o DaVez com o Gabriel!

ss fs grind(Ss Fs Grind – Por Heraldo Franco)

Conte-nos sobre seu primeiro contato com o skate.

“Foi no final de 2009. Um truta meu chamado André andava de skate no condomínio onde morava mas na época eu só queria saber de futebol e tals (risos). Até que um dia peguei o skate dele e comecei a dar umas remadas,descer as calças e vi que era muito style fazer aquilo. Logo em seguida me mudei para perto da Orla e isso facilitou ainda mais para que eu começasse a andar de skate. Desde então não pretendo parar de andar”

Flip(Flip – Por Heraldo Franco)

Como você define seu skate?

“Meio alternativo, gosto de andar tanto no street quanto nas transições. Pena que em Campo Grande não tem muito a oferecer em relação as transições.”

Wallride(Bs Wallride – Por Heraldo Franco)

Sobre as transições. É notável a carência desse tipo de pico. Caso aumentassem o investimento nas transições, você acredita que os skatistas daqui de adaptariam?

“Vishh certeza! Campão é carente demais nesse aspecto. Mini Ramp e transição da base pra tudo,sem falar que um piso bom ajuda demais a evolução. Se tivesse aí vocês veriam o tanto de monstro que sairia aqui do MS. Falta demais uma pistinha assim, tem interior por ai que da de 10 a 0 na capital aqui.”

ollie 360 (Bs Ollie 360 – Por Heraldo Franco)

E no rolê, como você fica quando o dia não tá fluindo?

“Ahh às vezes eu para tomo uma água,tento dar uma relaxada, se não der certo eu pego meu capacete subo na moto e vou embora (risos)”

Fakie fs crooked(Fakie Fs Crooked – Por Heraldo Franco)

Quais são suas inspirações?

“Vish tem vários manos! Mas vou citar alguns que vejo com frequência e dou um role: Ewerton Tizil, Rafael Torres, Pedro Iti, Frederico Campos e o Maurício Serrou. Além dos caras serem monstros no skate,são zicas fazendo tudo nas ideias. No dia a dia na correria,cada um fazendo seu corre e nunca deixando de ser cabreiro no rolê.”

ss bs tail(Ss Bs Tail – Por Heraldo Franco)

O que você pensa sobre a cena local?

“A cena local não é muito unida tá ligado,se todo mundo se ajudasse tanto as skateshops, como os skatistas, o negócio ia pra frente mais rápido. As vezes é muito blá-blá-blá e ninguém faz nada,tirando isso o skate sul mato-grossense tem muito a evoluir mentalmente e fisicamente. A parte boa é que sempre que colo em alguma pista tem um moleque ou mina que tá começando a andar,isso sim fortalece o skateboard.”

fs blunt bs flip out(Fs Blunt Bs Flip Out – Por Heraldo Franco)

Como foi essa transição da antiga Parça SkateShop para a Toys SkateShop e logo em seguida a SkillCrew?

Eu andava de skate pela Parça que atualmente virou a Braza Street Wear, só que de uns tempo pra cá, a cena do skate não andava tão movimentada assim. Então conversei com o Tizil e vimos q não dava mais para me apoiar, mas de boa tenho a maior consideração por ele ter me ajudado todo esse tempo. Fiquei uns 4 meses sem apoio no perrengue (risos). Ai conversando lá com o Helmut e o Marco falei que tava sem apoio e que tava osso ficar comprando peça e essas coisas. O Dente então fez a proposta para eu fazer parte da equipe. Até aí já tava de boa sem se preocupar com peças, mas antes de tudo isso, já sabia que a Skill ia voltar à ativa, fiquei pensando que da hora era uma marca das antiga tá aí novamente e com o skatista como o Iti,fazendo a frente né. Passou-se uns dias e o próprio Iti veio falar comigo, perguntou o que eu achava da marca e disse se eu curtiria entrar no time, passou-se um tempo e o Clayton veio trocar uma ideia comigo e fez a proposta. A marca tem tudo para crescer, os produtos são todos foda, sem falar na equipe monstra com o Índio e o Pedro. Acreditando em tudo isso não tinha como negar né! Tamo Junto rapaziada!”

fs benetti(Fs Bennet Grind – Por Heraldo Franco)

Está trabalhando em algum projeto no momento?

“Por enquanto só um bem-vindo a Toys, que ainda não saiu, mas logo que eu tiver um tempo ,vou trabalhar em uma parte que ainda não tenho.”

Varial Heelflip(Varial Heelflip – Por Heraldo Franco)

Sempre bom ter a nova geração em nosso espaço. Valeu Gabriel, tamo junto!

Imagens por Heraldo Franco

Por Jv Moura

Commentários

commentários